Wikipedia

Resultados da pesquisa

29 de out de 2009

AMAPÁ NO COMBATE À TORTURA

Notícia de ontem (28/10), na Folha Online:
Justiça manda prender 20 agentes suspeitos de torturar detentos no Amapá
A Justiça do Amapá determinou a prisão temporária de 20 agentes penitenciários suspeitos de torturar um grupo de 42 presos no Iapen (Instituto de Administração Penitenciária do Amapá), em Macapá, a maior cadeia do Estado.
De acordo com a investigação do Ministério Público, os agentes espancaram detentos que estavam nas três celas da ala de triagem depois de frustrar uma tentativa de fuga no dia 13 de outubro. Um dos presos teve o braço fraturado e todos os outros ficaram com hematomas, segundo constatou uma visita da Comissão de Direitos Humanos da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).
Ainda segundo o inquérito, que não foi finalizado, os presos foram obrigados a ficar nus e a "se esfregar uns nos outros". "Eles, lá na unidade, estavam intimidando os presos para que não falassem nada", disse o promotor Eder Abreu.
O diretor da unidade, o coronel Walcyr Costa Santos, foi indiciado por omissão, mas responderá em liberdade. Segundo a Promotoria, ele tomou conhecimento dos atos no mesmo dia e pediu intervenção da corregedoria cinco dias depois.
Dos presos, apenas um falou em seu depoimento. Ele disse que não participou da sessão de espancamento. Os outros quiseram ficar em silêncio. As prisões aconteceram nesta terça-feira.
O Sindicato dos Agentes e Educadores Penitenciários do Amapá, que faz a defesa da maioria, declarou que as prisões foram arbitrárias. A presidente, Edicléia Tavares, criticou o aparato usado na prisão dos agentes.
"Nos sentimos muito afetados com o que aconteceu. Nenhum dos servidores chamados se negou a dar esclarecimentos e a prisão não era necessária", afirmou.
Os 20 agentes estão mantidos na própria Iapen, em celas especiais separadas das alas comuns. Eles ficarão presos por 30 dias, com possível prorrogação. A Promotoria trabalha pela prisão preventiva deles.
Walcyr Santos foi procurado pela Folha nesta quarta-feira, mas não foi encontrado. A Secretaria da Justiça do Estado disse que não comentaria o caso.

2 comentários:

  1. Anônimo8/2/10

    Deliverance Our Spiritless Prices at www.Pharmashack.com, The Chunky [b][url=http://www.pharmashack.com]Online Druggist's [/url][/b] To [url=http://www.pharmashack.com]Buy Viagra[/url] Online ! You Can also Prod to Embellished Deals When You [url=http://www.pharmashack.com/en/item/cialis.html]Buy Cialis[/url] and When You You [url=http://www.pharmashack.com/en/item/levitra.html]Buy Levitra[/url] Online. We Also Please a Important Generic [url=http://www.pharmashack.com/en/item/phentermine.html]Phentermine[/url] Recompense the greater of Your Regimen ! We Manumit up Recognize [url=http://www.pharmashack.com/en/item/viagra.html]Viagra[/url] and Also [url=http://www.pharmashack.com/en/item/generic_viagra.html]Generic Viagra[/url] !

    ResponderExcluir
  2. Anônimo11/2/10

    Predilection casinos? lucubrate this advanced [url=http://www.realcazinoz.com]casino[/url] coerce and compel take on oneself online casino games like slots, blackjack, roulette, baccarat and more at www.realcazinoz.com .
    you can also look into our fresh [url=http://freecasinogames2010.webs.com]casino[/url] unsatisfactory tip at http://freecasinogames2010.webs.com and broaden the hoodwink alongside law constrictive notes !
    another voguish [url=http://www.ttittancasino.com]casino spiele[/url] within an eyelash of is www.ttittancasino.com , because german gamblers, submit c be communicated sooner than manumitted online casino bonus.

    ResponderExcluir

Comente