Wikipedia

Resultados da pesquisa

27 de out de 2010

A voz dos detentos

Antonio Marcos dos Santos - Leopoldina

Primeiramente queria mandar um grande abraço para todos os amigos da instituição APAC (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado).
Eu me chamo Antonio Marcos, fui condenado no art. 33 a uma pena de 5 anos no regime inicialmente fechado.
Sei que errei e tenho que pagar pelo meu erro, mas queria uma oportunidade de poder fazer parte da APAC. Eu sei exatamente como funciona a instituição, pois tenho amigos que passaram por lá e hoje estão recuperados.

Eu quero um futuro para mim e acho que a instituição pode me ajudar. Tenho uma filha de um ano e sete meses, penso nela toda hora, e tenho que pensar no meu futuro para dar um futuro melhor para ela. O nome dela é Rayssa, eu larguei a mãe dela há dois anos e só hoje vejo a falta que ela me faz. As grades me fizeram refletir muito sobre tudo. Graças a Deus, ela voltou para mim e essa foi a minha primeira vitória na cadeia.

Agora quero ter a segunda vitória de ir para a APAC e lá quero conquistar a terceira vitória que é ter a minha liberdade.

Agradeço a dona Beth pela oportunidade de escrever para o Jornal Recomeço.

Fiquem todos com Deus.
------------------------------------
Samuel Martins – Cataguases

Em primeiro lugar quero agradecer a dona Beth por me dar a chance de falar o que penso sobre o jornal.

Bem, como vocês sabem eu faço parte do coral Recomeço e foi através dele (do coral) que eu pude perceber que a vida é boa e que podemos mudar. Nós temos vários objetivos para alcançar, e os obstáculos ultrapassarmos. Em primeiro lugar temos que corrigir os erros do passado e para corrigi-los, precisamos refletir sobre eles e sobre o que desejamos no futuro.
Todos nós erramos, ninguém é perfeito, mas com um simples toque com amor e atenção a vida continua e somos felizes, porque não conquistamos ninguém com violência e briga, mas com amizade e confiança, amor e sinceridade.
---------------------------
O amor é possível
Samuel Martins
Por quê?
Por que entre dois corações
cabem imensas paixões?
Mas nem de tudo
Não só de amor nós vivemos.
Nós, humanos, também

Vivemos de sonhos
Que infelizmente não são
Realizados nem todos.
Na vida existem muitos obstáculos
Muitas intrigas
Mas os sonhos jamais acabam
Eu sonhei muito com menina
Vivi até alguns momentos realizados com ela

Mas não foi o suficiente para
Aumentar o amor que existia por ela.
Isto eu confesso
Eu era caído de amor por ela
Graças a Deus, desse encanto fui
Totalmente libertado
Não me atormenta mais

Agora é bola para frente
Viver a vida com outra pessoa
Quem sabe pode ser você
Linda Jaqueline.
------------------------------
NOTA - Detentos dos presídios de Leopoldina e Cataguases/MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente