Wikipedia

Resultados da pesquisa

6 de ago de 2010

Felicidade! Passou no vestibular da impunidade


No Brasil, a população carcerária aproxima-se do total de meio milhão de presos.

Mas Mizael, assim como Pimenta Neves (lembram-se? Deu dois tiros na ex-namorada), não será um deles.

Sua acusação é "leve": de apenas matar uma jovem mulher, também ex-namorada do acusado.

O juiz disse em sua decisão que não se pode abusar de "prisões temporárias".
Talvez daqui a alguns anos, o Mizael vá a julgamento e seja condenado pelo júri, mas a justiça, generosa como sempre com esses tipos de crimes, já terá um habeas corpus prontinho para que, mais uma vez, ele se mantenha em liberdade.

Afinal, gente, ele não furtou margarina nem xampu em supermercado...

Leia a notícia

Um comentário:

  1. “Para os pobres, é dura lex, sed lex. A lei é dura, mas é a lei.
    Para os ricos, é dura lex, sed latex. A lei é dura, mas estica”
    (Fernando Sabino)

    ResponderExcluir

Comente