Wikipedia

Resultados da pesquisa

6 de abr de 2008

Onde estás, Corregedoria???


Leiam a denúncia no jornal Estado de Minas, seção "Espaço do leitor":
NEGLIGÊNCIA
Assessora responde por tarefa própria de juíza
“Só mesmo recorrendo à imprensa para ver se dá jeito em tanta bandalheira. Não bastassem todos os escândalos nacionais, em Várzea da Palma, Norte do estado, a juíza da 2ª Vara entrega processos e direção de audiências nas mãos da sua assessora, uma moça que, além de não ter capacidade para isso, mesmo porque não fez concurso, passa noites em rodas de bebida, embriagando-se com outros servidores do Fórum, dizendo-se a juíza de fato e que é quem decide no município, adiantando resultados e negociando decisões. A juíza, omissa, nada faz. A Corregedoria de Justiça continua alheia, enquanto esse abuso persiste em Várzea da Palma.”
João Antônio Alves da Silva/Várzea da Palma -MG

Comentário do Recomeço
Essa é mais uma denúncia séria sobre a justiça em Minas Gerais. Espero que, em vez de processarem o leitor-cidadão, o fato seja averiguado e corrigido. Nosso país não tem corregedorias eficientes e essa é uma das nossas maiores mazelas no serviço público, porque corredoria, além de ser para funcionar, é a única defesa do povo que sustenta as instituições públicas. Eu sou pela campanha de um PROCON para serviço público, nos moldes da Lei Federal 8.078/1990. Por que só as instituições privadas são cobradas? Por que temos de engulir goela abaixo os péssimos serviços públicos, cujos funcionários nós pagamos e não temos como cobrar eficiência, responsabilidade, respeito e, acima de tudo, retorno do nosso investimento? Isso precisa mudar no Brasil. Só assim vão acabar as bandalheiras, como disse o denunciante na carta acima. E a mudança só acontecerá através de um povo que conhece seus direitos, cobra, denuncia e exige seriedade das autoridades muito bem instaladas em seus cargos públicos.
* Figura do Frases ilustradas (excelente!!!)

2 comentários:

  1. Pe. Robson Mendes da Costa9/4/08

    Á Glória Reis. Não te conheço pessoalmente, mas pelo artigo que acabo de ler (revista época, pág 138, 17/03,008, Ruth A.) vejo que você é uma profeta. Devez em quando participo de celebração ecumênica na penitenciária de Betim, a convite da Ir. Nieves. Quero que saiba de que estou com você em minhas orações.
    Que Deus te Abençoe.
    Abraços.
    Pe. Robson Mendes da Costa
    Paróquia Santa Terezinha, Betim

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Pe. Robson. Fez-me bem chegar aqui e ser abençoada e lembrada em suas orações. Um grande abraço.

    ResponderExcluir

Comente