Wikipedia

Resultados da pesquisa

18 de mar de 2009

A prisão em Portugal

Após conhecer o site Observatório das Prisões , de Portugal, descobri que Brasil e Portugal se equiparam na crueldade de suas prisões e brutalidade de sua polícia. Só que, no Brasil, ainda não vi um grupo de pessoas fazer o trabalho que a ACED faz em Portugal. Entramos em contato através do site e passamos a receber informações do trabalho de denúncia do sistema carcerário em Portugal, através de alguns membros da entidade, entre esses António Manuel de Alte Pinho, que me passou a notícia de hoje:

Debate Público

Do “motim” de Caxias ao terror de Monsanto
3 de Abril, sexta-feira, 20 h.
Associação KHAPAZ
Rua João Martins Bandeira, 7-A
ARRENTELA – Seixal

Treze anos depois, a “Justiça” portuguesa encontrou “razões” para levar a julgamento 25 pessoas acusadas de “amotinamento” no reduto Norte do Forte de Caxias - por factos ocorridos em 23 de Março de 1996- de que os ora acusados não têm qualquer responsabilidade. O arrazoado acusatório não é mais do que um delirante exercício de ignorância, revanche e tentativa de branqueamento do sistema prisional.
Porque, para quem não tem a memória curta, o que se passou na data em apreço não foi mais do que uma acção ilegítima de pura barbaridade e terrorismo de Estado contra os presos de Caxias que, num protesto cívico e civilizado, quiseram denunciar os efeitos da sobrelotação, o escândalo do descontrole clínico-sanitário, bem como as reiteradas humilhações e violações dos Direitos Humanos a que estavam sujeitos. Essa luta [repetimos: cívica e civilizada!] vinha sendo empreendidadesde dois anos antes, quando o movimento de contestação nas cadeias começou a fazer manchetes, a abrir noticiários televisivos e aconcitar - como se pode verificar na imprensa da época - a simpatia da população que, lentamente, começou a perceber que as prisões [ao contrário do engodo oficial mil vezes repetido] não eram, nem nunca serão, um instrumento de contenção da criminalidade.
Bem pelo contrário, toda a sua lógica e subcultura manifestam-se como geradoras de uma infinita linha de produção de revolta e crime, cujos efeitos são sentidos por todos os que não têm acesso às mordomias da “segurança debens e pessoas” e aos condomínios fechados.
A farsa do julgamento começou a 5 de Março, retoma o ridículo a 2 de abril, provavelmente, irá estender-se nos próximos meses, tentando provar o improvável. Embora já tenham percebido, logo na primeira audiência, que – ao contrário do que supunham – o acto inquisitório não vai ser “favas contadas”…
E treze anos depois, os métodos, as práticas e o terror são os mesmos, como aliás, a título de exemplo está aí a Guantanamo de Monsanto com tudo o que nos impele à indignação e ao nojo. Ao comemorar 12 anos de vida e luta, a Associação Contra a Exclusão pelo Desenvolvimento (ACED) não quer deixar de fazer o que sempre fez: denunciar a iniquidade e debater publicamente temas que valem a pena, procurando com tod@s as respostas para a acção.
ACED - 12 Anos de Vida e Luta pelos Direitos Humanos http://iscte.pt/~apad/ACED/

7 comentários:

  1. Anônimo13/11/10

    acho que deverian ,separar os preso,os que querem trabalhar e estudar ,deverian estar separados ,sempre que chegar o preso e pedir p trabalhar arrumar um lugar imediatamente .para que fiquemocupados e nao sofran tanto ,so pensando e ouvindo..os outros que nao querem nada..da de imediato o trabalho que eles,pedem que as veses demoran tanto que ele perdem a esperança...

    ResponderExcluir
  2. www.impaktopenitenciario.com.br, penso que deveriam fechar todas unidades prisional no Brasil, deixar somente os manicômios, por ser de tratamento diferenciado. no entanto, após um período estipulado por lei. aplicaria a pena de prisão perpetua, a castração química e a chibatadas e praça publica para crimes de menor potencial ofensivo. acredito que quebraria vários dogmas no quesito cumprimento de penas, e sua finalidade como meio para ressocializar.

    ResponderExcluir
  3. www.impaktopenitenciario.com.br, acessem!!!

    ResponderExcluir
  4. www.impaktopenitenciario.com.br, penso que deveriam fechar todas unidades prisional no Brasil, deixar somente os manicômios, por ser de tratamento diferenciado. no entanto, após um período estipulado por lei. aplicaria a pena de prisão perpetua, a castração química e a chibatadas e praça publica para crimes de menor potencial ofensivo. acredito que quebraria vários dogmas no quesito cumprimento de penas, e sua finalidade como meio para ressocializar.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo9/2/14

    I omment whenever I appгeciate а article on a site or if I have sometҺing to
    add to the conversation. It is triggегed by the passion communicated in the
    ɑгticle I browsed. And after tɦis article Queen Of Ϲharms

    my page: slow cooker reviews

    ResponderExcluir
  6. Anônimo23/2/14

    Woah! I�m reallƴ enjоying the template/theme of this site.
    It�s simple, yet effective. A lot of tjmеs іt�s hard to get thɑt
    �peгfect bɑlance� between usability and visual appеal.
    I must say you�ve donbe a fantastic job with this.
    Additionally, the blolg loads extremely quick for me onn Chrome.
    Superb Blog!

    Here is my web Ƅlog ... how to pick up women ()

    ResponderExcluir
  7. Anônimo25/2/14

    It’s oոn a completely different topic but it has pretty much the

    same page layout and design.

    Also visit my weblog ... Ϲonroe Pooll Ѕervicе (poolserviceconroetx.weebly.com)

    ResponderExcluir

Comente