Wikipedia

Resultados da pesquisa

13 de ago de 2009

TORTURA E MORTE EM MINAS GERAIS


RÉQUIEM PARA UM TORTURADO
“Nós temos criado no Brasil mecanismos de combate à tortura. Temos um comitê nacional e um plano nacional de combate, mas ainda temos um velho costume que vem lá de trás, não apenas da ditadura militar. Vem do período da escravidão.”
“Criou-se no Brasil essa idéia inaceitável de que preso e bandido têm que apanhar. Não têm. Eles precisam ser presos, punidos, imobilizados, impedidos de fugir e, sobretudo, impedidos de praticar o crime de dentro do cárcere. Mas não podem ser tratados como animal.” (Ministro Paulo Vannuchi)
Sérgio Augusto de Araújo é mais uma das milhares de vítimas do nosso sistema carcerário. Era um detento evadido do presídio de Muriaé(MG). Sua morte não saiu na mídia. Não é fato de relevância um homem espancado e morto pela polícia.
Nem na época da ditadura militar a tortura era tão explícita e a morte tão rápida. Nem tão à luz do dia. Na ditadura acontecia em porões, os porões da ditadura.
O ministro Paulo Vannuchi disse acima que essa conivência com a tortura vem bem lá de trás, vem do período da escravidão.
Não, senhor ministro, vem mais pra trás ainda, vem antes da evolução, antes do Homem de Neanderthal.
"De todas as violações de direitos humanos, a tortura é universalmente reconhecida como uma das mais odiosas e é também uma das mais frequentes no Brasil."(leia)

MINISTÉRIO PÚBLICO
Como devem saber os leitores, uma das atribuições do MP é o controle externo da atividade policial e, diante disso, a morte de Sérgio Augusto de Araújo já está sob apuração do Promotor de Justiça da Comarca de Leopoldina, Dr. Gustavo Garcia Araújo, e dentro do prazo compatível, teremos resultado das diligências tomadas.
---------------------------
É preciso garantir punição, porque só com punição exemplar é que nós conseguimos educar verdadeiramente a sociedade na compreensão dos direitos humanos.

O processo civilizatório exige que métodos medievais de dominação, sejam banidos de nossa vida pública, para que nosso país e nossa população possam viver de acordo com o Estado de Direito pleno em uma sociedade democrática, com justiça, sem medo, ameaças e repressões.

9 comentários:

  1. Marta Pinheiro14/8/09

    Choquei. Isso é Brasil. Isso é Minas Gerais.

    ResponderExcluir
  2. Esta é a ditadura lulista. Morre a cada menos de um minuto, um brasileiro no Brasil, vítima de tortura nos hospitais ( por falta de atendimento), nas estradas, ( por roubo e desvios de verbas do DNIT),nas cidades por balas perdidas e assassinato ( falta de segurança e certeza de impunidade). A tortura de hoje não é diferente da tortura militar da ditadura. A pequena diferença é que na militar o povo se revoltou e exigiu mudanças, na atual o povo aplaude seu presidente com 84% de aprovação.
    Jorge Roriz - www.jorgeroriz.com

    ResponderExcluir
  3. Jorge Roriz, associar essa situações q vc citou ao atual presidente nada mais é do que uma opinião vazia e sem argumentos solidos. Ora, todo esse caos que vc cita já vem de muitos anos, e qq pessoa q tenha um mínimo de inteligencia deve reconhecer que são problemas que têm suas causas partilhadas entre as três esferas dos governos.

    ResponderExcluir
  4. Concordo, Alex. E completando: com aquiescência da própria sociedade que não sabe que "a injustiça que se faz a um é ameaça que se faz a todos".

    ResponderExcluir
  5. Com poder nas mãos, pessoas altamente conflitadas cometem barbaries por varias razões.
    Uma delas é que nunca se perguntam como gostariam que fossem tratados um amigo seu, um filho seu, um parente seu, nessas circunstâncias...

    ResponderExcluir
  6. Anônimo20/10/10

    Um dia esse espancador vai ver quem sabe o proprio filho assim , pq aqui se faz aqui se paga !!!

    ResponderExcluir
  7. Anônimo22/3/11

    essa pessoa nao sabe o que fez

    ResponderExcluir
  8. Anônimo4/6/12

    O guri eu conhecia, já vendeu muita droga pro meu filho

    ResponderExcluir
  9. Anônimo25/8/12

    É impressionante, mas eu também o conhecia e de igual modus operandi, também já vendeu muita droga para o meu filho. Saiu mal na foto...

    ResponderExcluir

Comente