Wikipedia

Resultados da pesquisa

21 de ago de 2007

Textos da edição 134

RECUPERANDOS DE LEOPOLDINA

MARIA APARECIDA DE PAULA CAMILO
Oportunidade
Quero recomeçar uma nova vida, mas tenho que pagar por um momento de fraqueza. Que destino!

Hoje me encontro neste lugar, cheio de aprendizagem, é como uma escola. Tudo começou tão repentino que tenho vontade de rasgar esta página de minha história, mas não adianta. Pois essa é a minha realidade.
Tive uma humilde educação, mas da melhor qualidade, com honestidade, caráter, sinceridade e dignidade. Como pude deixar isso acontecer? Agora, nesta idade? Mesmo sem pai, tive uma mãe que me educou da melhor forma possível. Errei, trouxe tanto sofrimento a todos que me respeitavam, mas fazer o quê? Hoje, o que me resta é pagar o preço aqui nesta pequena cela fria cheia de dor e sofrimento.
E a cada lágrima que cai às vezes até escondidas acompanhada da depressão e arrependimento. Como se não bastasse à noite ainda vem a solidão. Gritos de revoltas, palavrões, nomes ruins perturbando nossas cabeças. Mas é a força de expressão de alguns detentos. Sem entender as palavras de revolta, fico pensando: quanta dor e sofrimento.
Pois o espaço é pequeno para tantos detentos, alguns doentes e outros até mesmo sem o apoio da família. Fico pensando como seria se não tivesse a assistência da APAC que se dedica de forma carinhosa, fazendo com que os detentos se sintam vivos, tentando amenizar a falta de seus familiares. Enfim, a Apac se desdobra para nos sentirmos confiantes, na certeza de que sairemos daqui e teremos uma nova oportunidade.
“O choro pode durar uma noite, mas a alegria virá pela manhã”.

Amor eterno
Para minha amada MÃE...

A Senhora mãe é a razão de minha vida e quero por meio deste jornal lhe dizer como a Senhora é maravilhosa. Me lembro bem de todos nossos lindos momentos, lindos como a Senhora. Reconheço todo o amor e dedicação que a Senhora teve por mim em toda vida e continua tendo. Não tenho como expressar tanto amor, só sei que te amo muito, que a Senhora é a pessoa mais importante de minha vida.
Lembro-me do quanto sofreu e quero hoje lhe agradecer por tudo, pelo esforço dedicação e amor. Sei como ainda está sofrendo hoje e quero lhe pedir perdão e lhe dizer que iremos recuperar todo o tempo perdido, quero lhe fazer muito feliz novamente. A Senhora merece tudo de bom, pois é muito especial.
Agora quero falar dos meus filhos que tanto amo, que tanto lutei para criá-los, eu amo muito vocês. Não esqueço um minuto sequer, vocês são muito importantes para mim. Deus me presenteou com a dádiva de ser mãe. Saibam que sou orgulhosa de ser mãe de vocês, não quero que se esqueçam de todos nossos momentos, sejam de alegria ou tristeza.
Tudo que mais quero é estar ao lado de vocês, de minha mãe e nunca mais nos separar. Nós vamos vencer e juntos seremos muito felizes até o fim de nossos dias. Para minha amada mãe Carmem, meus filhos Neide, Joice, Robson, Mayra, Weslem, todo o meu amor. Amo vocês.
Saudades demais. Nós vamos vencer
...................................................................

KLLOTILD GUIMARÃES PINTO

O SOL

É um aquecimento global nos meus dias, um efeito estufa nos meus pensamentos e se os seus raios ultravioletas não me abraçarem não terá mais vida no planeta coração.

O que acontece com o sol? Pela manhã não o vejo mais, chego pra olhar e ele não está. E com o dia nublado tenho que contemplar.
E o frio que sinto é por falta do calor que já não me aquece mais.
E quando a noite cai, fico a sonhar que pela manhã o sol possa brilhar.
Em algum outro lugar, o sol deve nascer. O tempo nublado é para eu lembrar que em algum outro lugar ele deve estar.
O dia sem sol não pode ficar, pois nas sombras dos teus raios eu quero descansar. Assim que o meu sol voltar e a mim acordar, quero teus raios fortes que secam minhas lágrimas, seu calor intenso que aquece minha alma. Quero o meu sol forte e brilhante que é o meu motivo de calor ardente.
-------------------------------------

RÓTULOS

Muitas pessoas anônimas ou não carregam consigo o peso dos apelidos, pseudônimos ou até são rotulados de acordo com os seus feitos. E nesta convivência com pessoas diferentes, de jeitos diferentes, personalidades diferentes, pensamentos diferentes vêm consigo os rótulos.
As pessoas tendem a se adaptar, a se acostumarem com esses rótulos. Poderá uma pessoa que carrega consigo um rótulo ou um apelido se livrar dele ao modificar seu modo de vida? Uma pessoa, que desde a adolescência carrega consigo este rótulo, um apelido com que foi criado, pode perder este rótulo? Ao passar pela rua ser reconhecido pelo que é e não pelo que foi?
Será um tanto difícil, pois ninguém é reconhecido pelo que foi e sim pelo que é. E até acho que não há mudanças apesar dos seus novos atos.
Pois sim, Luiz Inácio da Silva jamais será conhecido como tal e sim eternamente como LULA, e nós seremos sempre vistos pelo que fomos, mesmo mudando de vida.
----------------------------------------

Ione Pimenta Duarte

Para a mãe mais maravilhosa e especial desse mundo - “Didia”

Mãe, um dia...
Um dia o Amor estendeu as mãos para o nada e abriu o espaço...
Um dia, o amor se tornou vida de tua vida e eu existi...
Mãe, no céu sem fim revela-me teu amor.
A vastidão do mar fala-me da tua bondade...
As altas montanhas refletem teu heroísmo.
As profundezas dos vales espelham tua humildade...
A beleza das flores traduz teu caminho...
Tudo encerras dentro do teu grande coração...
E silenciosa, serena, sorrindo continuas labutando no cotidiano da vida.
Um dia, o Amor se tornou vida de tua vida e eu existi.
Obrigado mãe.
De sua filha que te ama e te admira muito
--------------------------------------------

Ao meu pai declaro todo o meu amor, admiração e respeito

Meu pai, hoje falecido, foi nascido e criado dentro da religião evangélica e sempre nos ensinou a seguir o bem, ele não admitia falha, por menor que seja. Qualquer coisa que eu chegasse em casa, ele ia atrás para saber ao certo onde tinha adquirido tal objeto. E hoje estou aqui.
Eu sinto uma dor dentro do meu peito, pois vim parar neste lugar por um erro meu. Um erro que nunca imaginava ter capacidade de cometer. Fui criada com muita rigidez. Quando ele separou de minha mãe, eu fiquei com ele. Meu pai era um ser humano exemplar, de uma inteligência fora do normal. Tenho o maior orgulho do pai que tive, pois era honestíssimo, todos que o conheciam sabem da sua honestidade.
Deus sabe o que faz, pois não sei se o meu pai fosse vivo suportaria tudo isso. Acho que não. Te amo, pai, nunca vou te esquecer, mesmo o Senhor não estando aqui, peço-lhe o seu perdão. Me perdoe, PAI!
Quero aproveitar e agradecer também ao jornal Recomeço por essa oportunidade e a minha amada irmã Beth pelo grande apoio, amor e carinho que tem para comigo.
Irmã Beth, para mim a senhora é muito especial, que Deus continue te abençoando e enchendo esse coração maravilhoso de amor. Saiba, irmã Beth, que aprendi a te amar em nome de Jesus. Muito Obrigado por tudo.
A toda a minha família quero dizer que amo muito vocês, obrigada por tudo.

Para meu filho
Muitas saudades, Gabriel, mamãe te ama, pois a certeza do seu sorriso, pequeno príncipe, é que me dá forças para continuar a lutar. Que Deus te abençoe, morro de saudades de você, dos seus carinhos e de ouvir você me chamar de “Mamãe você é minha rainha”. Nós vamos vencer. “O que Deus uniu o homem não separa”.

---------------------------------------

JOSIMAR DA SILVA MIRANDA
Para Lucinha


Eu, Josimar da Silva Miranda, sou detento dessa cadeia de Leopoldina, pagando pelo erro que cometi no passado, mas isso é uma experiência que Deus me deu. Isso é uma Luz que Deus me deu. Com tudo isso, eu agradeço a Deus porque aqui eu estou aprendendo e vendo que esse não é meu caminho.
Estou escrevendo para o jornal para dizer para você, Lucinha, que você é a mulher mais linda do mundo, você é guerreira e batalhadora e objetiva, com você aprendi a valorizar mais a vida e que nós amamos é quem nos ama. Você me deu a vida de nossas: filhas Estefani e Lorana, Ana Paula e Taiene. Elas são a razão da minha vida, a luz do meu viver.
Lucinha, agradeço a Deus todos os dias por ter você como esposa e mãe dos meus filhos. Obrigado por me amar e por me fazer feliz. E com tudo isso que estou passando, você estar ao meu lado me ajudando a caminhar na vida, porque se não fosse você eu não sei o que seria da minha vida.
Amo-te eternamente Lucinha. Você é minha vida.

-------------------------------------

François Guilherme Silva
Para o meu amor


Sou detento desta Cadeia de Leopoldina, pagando pelo erro que eu cometi, mas com tudo isso, agradeço a Deus por ter colocado na minha vida uma mulher maravilhosa e um filho mais lindo do mundo, que amo mais do que a minha vida.
Escrevo para dizer que você, Jeiseane, é a mulher da minha vida, que com você aprendi a viver, a amar e ser amado. Você me deu o presente mais lindo deste mundo: o nosso filho Flávio Gabriel. Você é tudo que tenho na vida, você é a luz da minha vida, você é batalhadora, é simples, isso é um dom que você tem: a simplicidade. Obrigado por me dedicar tanto amor e obrigado por ser minha mulher e mãe do meu filho.
Amo-te, Jeiseane, eternamente. Beijos eternos.
Assinado: seu eterno e único amor
-------------------------------------------

Samuel Teodoro
SEM CHANCE
Você que tem uma firma teria coragem de empregar um albergado ou um ex-detento?
O meu tema de hoje é sobre a liberdade. Parece que não, mas até para ganhar a LIBERDADE, nós sofremos. Quer saber como? Vou lhes dizer:
A justiça nos exige para obter a tão sonhada LIBERDADE uma carta de emprego com a declaração do empregador. Pois é nesta questão que nos aflige este grande problema.
Agora eu pergunto para os senhores Doutores Juizes, Promotores e sociedade.
Como é que um homem, estando ainda preso, sem alguém que possa ajudá-lo a conseguir esta carta de emprego, consegue ir embora?
E ainda enfrentamos mais dois problemas:
1-Leopoldina está com um índice de emprego bastante precário, onde se encontram vários chefes de família perambulando a procura de trabalho e quase todos sem sucesso.
2- E nós? Que para muitos da sociedade somos monstros que inviabilizam a ordem social, é como a maioria das pessoas pensa que nós não temos recuperação.
Eu volto a perguntar: Você que tem uma firma, teria coragem de empregar um albergado ou um ex-detento? Eu imagino o que você deve estar pensando neste momento, que é para você muito difícil, confiar em alguém como nós.
Mas eu quero lhe dizer que nós só queremos uma chance para poder reconstruir nossas vidas, mas esta oportunidade é só você que pode nos dar. Deixe de lado o preconceito e nos dê uma chance de tentarmos reparar o nosso erro com o trabalho honesto e com seriedade.
Eu só tenho um pedido a fazer ao Doutor Juiz: que tente uma maneira de facilitar a conquista desta carta de emprego.
Um exemplo: se o Senhor me permite, se o Senhor nos der um prazo de 30 dias ou menos para sairmos e procurarmos um emprego, seria mais fácil.
Ë só um exemplo, não estou dizendo que tem que ser assim. Só o Senhor, Dr. Juiz e Dr. Promotor, que podem nos ajudar, abaixo de Deus, é claro! Que Deus os abençoe e ilumine o seu trabalho e que Ele possa dar-lhes sabedoria para julgar nossas causas com carinho e dignidade.
SE DEUS É POR NÓS QUEM SERÁ CONTRA NOS?
Obrigado por sua atenção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente