Wikipedia

Resultados da pesquisa

20 de jun de 2008

Blitz é um perigo

Servidor é morto por não parar em blitz de policiais à paisana
DA AGÊNCIA FOLHA, EM CURITIBA
Um servidor municipal de 50 anos foi morto por engano por policiais em operação anteontem à tarde, em Balsa Nova (região metropolitana de Curitiba). Uma mulher e uma criança ficaram feridas. João Mochinski não atendeu a uma ordem de parar em uma barreira de policiais civis e militares à paisana e com carros descaracterizados. Ele levou um tiro no peito durante a perseguição e morreu na hora.O servidor não tinha passagem na polícia. Ele pensou que era um assalto, disse a mulher dele. A polícia vai investigar o caso.
Que polícia é esta que temos?
Como é possível um país no qual a polícia mata até em blitz? E que essa notícia saia num cantinho de jornal como coisa corriqueira? E que você, leitor, leia e não se indigne e nem mesmo faça uma passeata de protesto?
Gente, a polícia atirou no peito de um homem dentro do carro com sua família. Ele não parou com medo que fossem "bandidos". E eram...

2 comentários:

  1. wilson rezende22/6/08

    Ato vergonho, aqui em Maringá.. quer dizer na França quem comanda o tráfico de droga é uma ala da Polícia Civil.

    ResponderExcluir
  2. Enquanto cada prefeito, governador, juiz , promotor, delegado , policial e PM for um príncipe em suas `funções`, o Estado brasileiro sempre será essa zona.Sempre entendi que o poder é indivisível, e o que se vê hoje no Brasil é muito cacique para pouco indio.A vergonha é que os países vizinhos estão acabando com a selvageria e o banditismo e nos estamos mergulhando de cabeça.`Blitz`de policiais à paisana em plena zona rural?Com carros sem identificação (claro que roubados)Que loucura é essa?Por aqui no Paraná ninguem comentou nada sobre o ocorrido!!!(A mídica por aqui é subserviente...

    ResponderExcluir

Comente