Wikipedia

Resultados da pesquisa

1 de jun de 2008

Não à pena rígida e degradante

O coordenador regional da Defensoria Pública de Ribeirão Preto, Victor Hugo Albernaz Júnior, é defensor da Justiça Restaurativa
Veja:
"Albernaz Júnior defende a
Justiça Restaurativa, que prevê a redução das taxas de reincidência através da substituição do castigo pela conscientização. O projeto prevê mudanças nos Códigos Penal e de Processo Penal e nos Juizados Especiais Cíveis e Criminais. Para ele, a execução da pena é feita de forma medieval no país. "Em nenhum lugar se vêem progressos na melhoria da criminalidade com penas rígidas e degradantes", afirmou. "
Leia a matéria na Gazeta de Ribeirão hoje. clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente