Wikipedia

Resultados da pesquisa

23 de set de 2007

A bolsa-terno

Policiais militares revistaram 111 pessoas suspeitas, na madrugada de ontem, na Cidade Ocidental. Nenhum dos abordados portava armas ou drogas (Foto José Varella/CB, jornal estado de Minas, 23/9/07)

Comentário - Interessante que os "suspeitos" brasileiros estão sempre de chinelo e bermuda.... Que coisa, heim? Nunca vi uma revista em suspeito de terno, gravata e pisante reluzente. Tive uma idéia: talvez a única forma de melhorar a perseguição aos pobres e negros no país seja a distribuição de ternos e gravatas à população pobre. Seria instituída a bolsa-terno, que acham? Afinal, temos de ser criativos, já que pela via oficial, a injustiça vai de mal a pior.
No livro "As cores da infâmia", de Albert Cossery, o autor conta a história de Ossama que adota a profissão de ladrão, já que esta atividade é tão bem sucedida nas classes "superiores". A primeira providência do jovem para exercer o ofício é a aquisição de um "belo terno", com o qual ficaria imune a suspeitas da polícia e da justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente