Wikipedia

Resultados da pesquisa

28 de set de 2007

De novo, ministro?

Ministro beneficia outro golpista e ainda culpa a Polícia Federal


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello afirmou não ter culpa da fuga do suíço naturalizado brasileiro Mike Niggli, acusado de dar golpes num valor próximo a US$ 80 milhões. Ele foi beneficiado por liminar de Marco Aurélio e está sendo procurado pela Interpol. Niggli foi preso em 2004, para ser extraditado. No ano passado, entretanto, foi beneficiado pela liminar e passou a cumprir prisão domiciliar. No início do mês, o STF determinou que ele fosse novamente preso e extraditado. No entanto, a Interpol já o dava como foragido desde agosto. O ministro diz que a Polícia Federal deveria ter vigiado Niggli, para que ele não deixasse o país. "É claro que a domiciliar também é prisão. O que aconteceu é que não houve a vigilância que deveria ter havido", afirmou.
Fonte: jornal Estado de Minas, 28/9/07, caderno Nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente