Wikipedia

Resultados da pesquisa

30 de out de 2008

População tenta linchar policiais

Num país sem justiça
Episódios como este tendem a se tornar cada vez mais rotineiros no país. A população sabe que os assassinos serão sempre, das duas uma, processos arquivados ou , se forem a julgamento, absolvidos. A responsável por esses episódios de barbárie é uma só: uma justiça omissa e conivente com os assassinos.
Aí vai a notícia:
Morte de motoqueiro que furou bloqueio e foi perseguido por policiais rodoviários federais leva moradores a quebrar vidros, arrombar portas e destruir centro cirúrgico.
Um hospital foi depredado na noite de terça-feira, após a suspeita de que um homem foi morto pela Polícia Rodoviária Federal, em Zé da Doca, no interior do Maranhão. Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Cidadã, o motoqueiro João da Cruz furou uma blitz policial na rodovia BR-316. Os policiais perseguiram o motoqueiro e houve troca de tiros, segundo a secretaria.A Polícia Rodoviária Federal do Maranhão não se pronunciou sobre o incidente, não revelando se realmente os agentes atiraram no motoqueiro. A direção do hospital também não comentou o assunto. Cruz foi baleado no tórax e levado para o Hospital Municipal de Zé da Doca, mas não resistiu aos ferimentos. Moradores do município (amigos e parentes da vítima) tentaram invadir o hospital para linchar os policiais rodoviários. A Polícia Militar foi chamada e ainda pediu reforço.
Fonte: jornal Estado de Minas - caderno Nacional - 30/10

4 comentários:

  1. how can you write a so cool blog,i am watting your new post in the future!

    ResponderExcluir
  2. Although from different places, but this perception is consistent, which is relatively rare point!

    ResponderExcluir
  3. Although there are differences in content, but I still want you to establish Links, I do not
    fashion jewelry

    ResponderExcluir
  4. A friend told me this place I have been looking for, I come, it turned out, I have not disappointed, good Blog
    fishing net

    ResponderExcluir

Comente