Wikipedia

Resultados da pesquisa

20 de ago de 2008

Campanha anti-fumo é terrorista

Há muito venho constatando o aspecto terrorista das campanhas contra o cigarro. Hoje, deparei com este quadrinho do Nani* ilustrando a questão.
E sempre me pergunto: por que não direcionam a fúria contra o cigarro numa campanha contra as armas de fogo? Alguém tem dúvida de qual mata mais?
* Publicado no jornal Estado de Minas, 20/8/08

Um comentário:

  1. Antônio Nunes3/8/10

    Dúvida nenhuma, segundo Richmond et al. (2005), a estimativa de mortes por armas de fogo gira em torno de no máximo 229 mil; enquanto, de acordo com o INCA (Instituto Nacional de Cancer), os casos mortes relacionadas ao cigarro somam 4,9 milhões, mais de vinte vezes a mortalidade por armas de fogo.

    ResponderExcluir

Comente